Luiz Ildefonso Simões Lopes

Operação de aquisição da NTS é premiada

20 de Março de 2018
Luiz Ildefonso Simões Lopes | Brookfield Brasil | Operação de aquisição da NTS é premiada
Reconhecimento da IJGlobal foi entregue em Nova York

A operação de aquisição da NTS pelo consórcio liderado pela Brookfield Infrastructure Partners (BIP), finalizada em abril de 2017, foi a vencedora do IJGlobal 2017 Awards, no segmento de transporte da indústria de Óleo e Gás. A compra de 90% das ações da NTS das mãos da Petrobras por US$ 5,1 bilhões foi reconhecida a partir de critérios como qualidade da estruturação do negócio e a complexidade e riscos tomados pelos desenvolvedores e instituições financeiras. O prêmio foi recebido pela gerente executiva de Aquisições e Desinvestimentos da Petrobras, Anelise Lara, em cerimônia realizada em Nova York (EUA), na quinta-feira (15/3).

A IJGlobal faz parte do grupo britânico Euromoney e é uma plataforma multimídia que fornece notícias e análises financeiras, focadas nos setores de infraestrutura e energia. “Como a maior transação fechada até o momento no plano de desinvestimentos da Petrobras, essa alienação não era apenas importante para essa empresa, mas para o mercado brasileiro de gás natural. Foi necessário reorganizar a empresa para permitir a transferência de ativos, mantendo a Petrobras como fornecedora de gás por meio de gasodutos da NTS, enquanto o regime regulatório também estava em transição. Essa transação também se destacou por sua complexidade pois demandou a formação de um consórcio de entidades de várias jurisdições diferentes e envolveu uma grande transferência de fundos para o Brasil, para pagar simultaneamente o preço de compra e subscrever as debêntures para o reembolso da dívida existente no encerramento. Tudo isso, fez o negócio se destacar como uma conquista impressionante”, apontou a equipe da IJGlobal.

A NTS opera mais de 2.000km de gasodutos, que passam pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Sua aquisição contou também com o auxílio do Santander, como assessor financeiro, e escritório Mattos Filho, como assessor jurídico. Fonte: Brookfield Brasil Tags relacionadas: Brookfield, Brookfield Brasil, Brasil, CEO, Luiz Ildefonso Simões Lopes, Luiz Lopes, Economia, Ativos, Infraestrutura